(51) 3249.2837 e (51) 99817.2943 [email protected]

Parece mesmo que o ano iniciou com tudo na área fiscal dos concursos públicos municipais. Tivemos concursos de Fiscal para Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre. E agora, para Canoas. Para quem se preparou para o AFRM de Porto Alegre, mas não foi tão bem quanto esperava, eis mais uma oportunidade. Foi lançado nesta semana o edital de abertura do concurso público 001/2012 do Município de Canoas. Nele são ofertadas 15 vagas para o cargo de Fiscal Tributário, além da formação de cadastros de reserva. De acordo com o Executivo local, a oportunidade é destinada a profissionais com formação em nível superior que tenham disponibilidade para atuar com jornada de 40h semanais em regime de Dedicação Exclusiva em atividades ligadas às de revisões e auditorias fiscais; pareceres técnicos em assuntos tributários e realização de perícias; e assessoramento na formulação da política tributária, inclusive quanto a exonerações tributárias (para mais detalhes confira o edital completo).

Entre as vantagens apresentadas para o cargo estão a remuneração de R$ 7.914,02, composta por vencimento básico – R$ 2.387,37; valor por trabalho em regime de Dedicação Exclusiva – R$ 1.193,60; gratificação por função – até R$ 3.330,36; e valor correspondente ao risco de vida – R$ 1.002,69, e a contratação em regime estatutário. Os vencimentos totais podem chegar perto dos 8 mil reais.

Aos interessados, as inscrições já podem ser realizadas e seguem abertas até 20 de abril pelo site www.fdrh.rs.gov.br, sob taxa de R$ 120,00. Acesse o edital aqui.

Segundo a responsável técnica pelo certame, Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), as provas serão aplicadas em três fases e estão previstas para o dia 17 de junho, sendo a primeira no turno da manhã e as demais na parte da tarde. A duração será de quatro horas.

Avaliações:

Os candidatos serão submetidos a:

  • Prova objetiva dividida entre prova de conhecimentos gerais (70 questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Estatística e Matemática, Informática, Contabilidade Geral, Auditoria e Administração Financeira e Orçamentária, Direito Constitucional e Administrativo) e conhecimentos específicos (30 questões de Direito Tributário e Direito Tributário Municipal de Canoas);
  • Prova discursiva (uma questão a ser desenvolvida entre 15 e 30 linhas), de caráter eliminatório e classificatório e curso de formação.
Compartilhe!