Começo hoje uma série de artigos, contendo a resolução detalhada da prova de Contabilidade para o concurso público de Técnico Contábil da Prefeitura Municipal de Porto Alegre. As provas foram aplicadas em março de 2012 pela Banca da Fundação do Ministério Público (FMP). Para quem está começando seus estudos com Contabilidade, essa é uma excelente prova para treino! Vamos a ela:

46 – Uma empresa comercial, durante um determinado mês, efetuou o pagamento de uma duplicata com juros, devido ao atraso de 15 dias. Tal operação irá:

(A) aumentar um ativo e diminuir outro ativo.

(B) aumentar um ativo, aumentar um passivo e aumentar um patrimônio líquido.

(C) diminuir um ativo e diminuir um passivo.

(D) diminuir um ativo, diminuir um passivo e aumentar um patrimônio líquido.

(E) diminuir um ativo, diminuir um passivo e diminuir um patrimônio líquido.

Resolução: Pagamento de duplicata com juros diminui ativo, pela saída de caixa, diminui passivo, pela baixa da duplicata, e diminui PL, pois toda despesa diminui PL. Letra E.

47 – A seguir são apresentadas cinco assertivas relacionadas às contas do Patrimônio Líquido. Assinale a opção que se refere à conta de Reservas de Capital.

(A) Representa ajustes atrelados a ativos e passivos do balanço patrimonial avaliados a valor justo.

(B) Representa reservas, sendo cada uma com objetivos específicos, que absorvem parcela dos lucros apurados pela sociedade.

(C) Representa recursos investidos pelos acionistas e os aumentos oriundos principalmente de incorporações de reservas e de lucros.

(D) Representa recursos ingressados na sociedade e oriundos principalmente de ágio na emissão de ações e produto da alienação de títulos não vinculados à dívida.

(E) Absorve os prejuízos, em excesso aos lucros, apurados ao final de cada exercício social pela sociedade.

Resolução: As Reservas de Capital representam ganhos obtidos sem uma contra-partida, podem ser destinados ao aumento de Capital Social, podem também ser utilizados para compensação de prejuízos, distribuição de Dividendos, ou ainda resgate, reembolso ou compra de ações, resgate de partes beneficiárias etc. Lembre-se de que essas reservas não transitam pelo resultado, ou seja, não fazem parte da distribuição do lucro líquido do exercício. As principais Reservas de Capital são as seguintes: Ágio na Emissão de Debêntures, Produto de Alienação de Partes Beneficiárias e Bônus de Subscrição, Prêmio recebido na Emissão de Debêntures, e Doações e Subvenções para Investimentos. Não há dúvida de que a resposta seja letra D.

48 – De acordo com a escrituração contábil, os saldos das contas: Aplicação Financeira, Duplicatas Descontadas, Provisão para Férias, Ações em Tesouraria e Depreciação Acumulada de Veículos diminuem quando, respectivamente, são:

(A) debitadas, creditadas, creditadas, creditadas e debitadas.

(B) creditadas, debitadas, debitadas, creditadas e creditadas.

(C) creditadas, debitadas, debitadas, debitadas e creditadas.

(D) creditadas, creditadas, debitadas, creditadas e debitadas.

(E) creditadas, debitadas, debitadas, creditadas e debitadas.

Resolução: Em primeiro lugar, contas com saldo devedor aumentam pelo débito e diminuem pelo crédito. Contas de saldo credor aumentam pelo crédito e reduzem pelo débito. Via de regra, contas de Ativo, têm natureza devedora, e contas de Passivo e PL têm natureza credora. As exceções são as contas retificadoras, que possuem saldo trocado em relação ao grupo a que pertencem: portanto, reduzindo aquele grupo. Vamos analisar conta por conta:

Aplicação Financeira: é conta de Ativo, portanto devedora, e reduz pelo crédito.

Duplicatas Descontadas: é conta retificadora de Ativo, redutora de Clientes. O saldo da conta Duplicatas Descontadas é credor, portanto, reduz-se pelo débito.

Provisão para Férias: é conta de Passivo e, portanto, tem natureza credora. Se reduz pelo débito.

Ações em Tesouraria: é conta retificadora de PL. Trata-se de recompra das próprias ações pela Empresa. Como as contas de PL, por regra, têm natureza credora, a conta Ações em Tesouraria têm natureza devedora, e reduz-se pelo crédito, uma vez que é retificadora, reduzindo o PL.

Depreciação Acumulada de Veículos: é conta retificadora de Ativo, mais precisamente, uma conta redutora da conta Veículos. Sendo assim, seu saldo é credor, e se reduz pelo débito.

O comando da questão pergunta como essas contas, respectivamente, diminuem-se. Ficamos, assim, com: crédito, débito, débito, crédito e débito. Conhecendo as contas, fica fácil. Letra E.

As contas a seguir discriminadas e seus respectivos valores são de uma empresa comercial, em 31 de dezembro de 2011, e serão utilizadas para responder às questões 49 e 50.

Aplicações de Liquidez Imediata: 30.000,00
Bancos Conta Movimento: 52.000,00
Caixa: 50.000,00
Capital Social: 360.000,00
Clientes (Vencimento após exercício seguinte): 52.000,00
Clientes (Vencimento no exercício): 40.000,00
Custo das Mercadorias Vendidas: 90.000,00
Depreciações Acumuladas: 30.000,00
Despesas Administrativas: 32.000,00
Despesas do Exercício Seguinte: 28.000,00
Despesas Financeiras: 18.000,00
Estoques de Mercadorias: 60.000,00
Fornecedores (Vencimento no exercício): 30.000,00
Imóveis para Renda: 52.000,00
Impostos sobre Vendas: 20.000,00
Máquinas e Equipamentos: 46.000,00
Outras Despesas Operacionais: 15.000,00
Prejuízos Acumulados: (25.000,00)
Receita sobre as Vendas: 140.000,00
Salários a Pagar: 15.000,00

49 – Assinale a alternativa CORRETA que expressa o valor do Ativo Não Circulante e Passivo Circulante, respectivamente.
(A) R$ 68.000,00; 45.000,00.
(B) R$ 98.000,00; 15.000,00.
(C) R$ 120.000,00; 45.000,00.
(D) R$ 148.000,00; 45.000,00.
(E) R$ 160.000,00; 15.000,00.

Resolução:

Contas de Ativo Não Circulante: Clientes (vencimento após o exercício seguinte), Depreciações Acumuladas, Imóveis para Renda, Máquinas e Equipamentos: 52.000 – 30.000 + 52.000 + 46.000 = 120.000.

Contas de Passivo Circulante: Fornecedores (vencimento no exercício) e Salários a Pagar: 30.000 + 15.000 = 45.000. Assim, a letra C responde corretamente à questão.

50 – Assinale a alternativa CORRETA que expressa o valor do Lucro Bruto e Lucro Líquido do período, respectivamente.
(A) R$ 15.000,00; (25.000,00).
(B) R$ 30.000,00; (35.000,00).
(C) R$ 50.000,00; (63.000,00).
(D) R$ 120.000,00; (25.000,00).
(E) R$ 140.000,00; (35.000,00).

Resolução: Para apurarmos o lucro bruto e o lucro líquido do exercício, precisamos selecionar, dentre as contas arroladas no balancete apresentado acima, todas as contas de resultado, ou seja, contas que fazem parte da Demonstração do Resultado do Exercício (DRE). Fazendo isso, montamos a DRE abaixo discriminada, e não temos dúvida de que o gabarito é letra B:

.

.

.

.

.

No próximo post darei sequência à resolução desta prova.

Abraço a todos e fiquem com Deus!

Stephone Anthony Womens Jersey